Carta Psicografada O PRECONCEITO ME TIROU DO MUNDO.

     Jesus, meu Irmão, eu estou em sofrimento íntimo, não sei mais o que fazer, sinto que minhas forças estão se esvaindo, o que fazer diante de tanto preconceito, crueldade e falta de sensibilidade.

    Estou em meios de pessoas que não respeitam o meu modo de ser, o que eu desejo não é impor e sim quero que todos possam compreender que sou um ser humano mulher num corpo carnal, e o meu espírito, o meu ser é de um homem. Se as pessoas não têm ainda a compreensão e a sabedoria de entender pessoas como eu, porque o Senhor deixou que viéssemos nascer neste mundo cruel e lindo ao mesmo tempo.

     Eu quando criança eu achava que o mundo era maravilhoso, tinha amigos, brinquedos, as crianças podiam sentir o meu jeito diferente e o meu gosto por brinquedos masculinos, mas não havia questionamentos e nem preconceito, tudo era encantador e simples.

     Hoje vivo debaixo de saias, colares coloridos, pulseiras e anéis, pois minha mãe quer que eu me pareça uma mulher, não importa o meu sentimento e sim o que os outros vão falar, a sociedade é cruel e ingrata, não consigo viver assim meu Irmão. Sei o que quero fazer vai contra a lei de Deus, mas não consigo vestir e nem me comportar mais como um ser que eu não sou.

   Eu vou tentar outra vez a sobreviver neste mundo, vou dar uma chance para mim e para eles de me enxergar como eu sou um ser maravilhoso, tenho sentimentos bons em meu coração trago sabedoria e entendimentos que fariam todos se apaixonarem por mim.

   Dias se passaram e nada mudou, estou morrendo e o Senhor sabe de todas as coisas e já viveu momentos de solidão e incompreensão por pessoas próximas a Ti. Enfim eu sei que vou padecer na escuridão, mas vejo que a escuridão que vivo hoje neste exato momento é mais triste e deprimente, eu vou ao encontro do desconhecido, sim eu vou.

   Hoje estou aqui na espiritualidade já recuperado e buscando ainda a luz e com os amparos de amigos espirituais e de amigos que viveram o que eu vivi, procuro entender e quero um dia perdoar todos aqueles que um dia tanto me magoou.

   O que eu fiz não foi o correto, mas não fui forte e nem corajoso e busquei na doce ilusão o jeito mais fácil, pois sofri no lamaçal do umbral, na escuridão do esquecimento e na ilusão de que as dores iam passar, só que não passaram.

   Eu quero agradecer ao meu Irmão, Jesus, por ter tido misericórdia por mim, uma mulher no corpo, mas um homem em espírito.

Maria Joaquina.            

            Psicografia recebida em  2017.

 

             Médium: M. Nicodemos

Carta Psicografada O PRECONCEITO ME TIROU DO MUNDO.

FONTE: CARTAS ESPÍRITAS – PSICOGRAFIA MEDIÚNICA

Facebook Comments
Comodo SSL
CURTAM NOSSA PÁGINA E FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS POSTAGENS: